Experiência profissional no exterior está entre as três mais desejadas na carreira

Nova pesquisa “Carreira dos Sonhos”, elaborada pelo Grupo DMRH em parceria com a Nextview People, aponta que trabalhar em outros países, imersos em outras culturas, está em primeiro lugar entre as experiências que jovens em início de carreira (77%) e profissionais de média gestão (55%) gostariam muito que fizesse parte de sua trajetória profissional. Além disso, quando perguntados sobre o que fariam diferente se o dinheiro não fosse um problema, a maior parte dos jovens (41%) disse que viajaria mais.

Quando questionados sobre as três coisas mais importantes na vida, viajar e conhecer outras culturas foi a segunda opção mais citada pelos jovens (47%), atrás apenas de sucesso profissional (67%). Esse item também ficou entre as três coisas mais importantes na vida para a média gestão, sendo citado por 33% desses profissionais. Apareceu em terceiro lugar, depois de sucesso profissional (62%) e boa relação familiar (50%).

“Uma excelente forma de vivenciar experiências fora do país que contribuam para o desenvolvimento de carreira, principalmente dos jovens, é por meio do intercâmbio”, afirma Carla Esteves, sócia-diretora da Cia de Talentos, empresa do Grupo DMRH. “Acreditamos que essa é uma das experiências mais intensas que se pode ter. Além de levar à fluência em outro idioma, o intercâmbio coloca a pessoa em um ambiente novo, completamente diferente do que está acostumado, interagindo com desconhecidos e tendo que analisar situações, tomar decisões e agir sozinha”, complementa.

Isso tudo, segundo ela, faz com que o profissional traga na bagagem de volta uma série de competências que são valorizadas pelo mercado. “A experiência do intercâmbio, independentemente do modelo escolhido, desenvolve a autonomia, a autoconfiança, a capacidade de adaptação, a resiliência, o relacionamento interpessoal e amplia significativamente o repertório cultural do participante”, diz Patrícia Zocchio, CEO da Experimento Intercâmbio Cultural, maior rede especializada exclusivamente em intercâmbio cultural no Brasil.

Se o objetivo é ter uma carreira internacional, é interessante aproveitar o intercâmbio não só para estudar um idioma, mas também para trabalhar. “A interação com profissionais de culturas diferentes em um contexto de trabalho expõe a pessoa a situações que viverá em uma carreira internacional. E isso com certeza traz vantagens na hora de disputar uma vaga. Além disso, ainda pode render um networking valioso no futuro”, ressalta a sócia-diretora da Cia de Talentos.

Fonte: Administradores

 

Copyright 2018

All Rights Reserved

Andrea Sebben

Política de Privacidade

Proudly created by

Agência Sétimo Dígito